O valor do risco e do recomeço - Wine & Executive Club
18497
post-template-default,single,single-post,postid-18497,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,paspartu_enabled,paspartu_on_bottom_fixed,columns-3,qode-product-single-tabs-on-bottom,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 
O valor do risco e do recomeço

O valor do risco e do recomeço

Ontem, na ‘nossa’ casa, demos as boas-vindas à Primavera, a estação que homenageia o recomeço. E nele está sempre implícito o risco. O chef Pedro Inglês arriscou um menu com sabores inusitados para uma gama de vinhos de João Portugal Ramos, que, nos anos 90, também arriscou na vinha e no vinho.

O produtor partilhou não só os seus vinhos, tão apreciados, como a sua história. Em tom primaveril, descontraído e despretensioso, o discurso deixou antever que o caminho percorrido nem sempre foi linear, nem sempre foi fácil, mas seguramente valeu a pena cada passo.

Com graça, Miguel Pina Martins falou da Science4you, empresa que construiu aos 20 e pouco anos e que hoje, mais de 10 anos depois, continua a crescer. Miguel arriscou num mercado volátil, com uma ideia inspiradora: aprender a brincar.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

O risco faz parte da vida de quem quer avançar.

A Primavera sugere o recomeço, o reinventar, o desabrochar. Que ela e a coragem para arriscar nunca nos falte.

O 3º evento do ano teve o patrocínio da F Luxury Magazine e da Riedel .

Até dia 17 de Abril!