Um encontro que foi uma viagem - Wine & Executive Club
18612
post-template-default,single,single-post,postid-18612,single-format-standard,theme-bridge,qode-quick-links-1.0,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,paspartu_enabled,paspartu_on_bottom_fixed,columns-3,qode-product-single-tabs-on-bottom,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 
Um encontro que foi uma viagem

Um encontro que foi uma viagem

Há jantares que nos levam para longe. Se começámos à mesa do restaurante Valle Flôr, do Pestana Palace, rapidamente, descemos a Sul, às planícies alentejanas, para os lados da Vidigueira, da albufeira do Alqueva até às margens do Guadiana, onde se plantam as castas que dão corpo aos vinhos da Herdade do Sobroso, trazidos pela Sofia Machado e o enólogo Filipe Teixeira Pinto.

Uma descoberta para muitos, desde o Sobro Rosé DOC 2018 que espantou, desde logo pela cor, quase um sopro de África no copo, seguindo-se todo um itinerário vínico, a terminar num inesperado branco Cellar Selection Antão Vaz & Alvarinho 2018, com sabores tropicais. 

O chef Pedro Marques proporcionou outros momentos: um sashimi, que nos levou ao Japão, um bacalhau com guisadinho de samos e grão, influências suas da ria de Aveiro, ao lombo de veado com cogumelos e frutos silvestres, que nos fez aventurar em florestas, até ao granizado de salicórnia, um mergulho no mar… Foi uma viagem com tudo incluído.

Já a conversa com Pedro Quintela, das Viagens Abreu, foi um voo de longo curso. De Barcelona, onde fez das tripas coração para se integrar, até Oaxaca, o novo destino a conhecer, no México. E outras viagens improváveis que integram o cartaz da primeira agência em todo o mundo a abrir um estabelecimento de atendimento directo ao público, em 1840, e que se continua a reinventar. Ficámos com vontade de marcar as próximas férias.

Um encontro que foi uma viagem

Entretanto, fazemos as malas, para seguir para o próximo evento, noutro ponto da cidade, já no dia 20 de Fevereiro.