A 29 de Outubro, voltamos ao The Oitavos, para mais um jantar do Wine & Executive Club. - Wine & Executive Club
18651
post-template-default,single,single-post,postid-18651,single-format-standard,theme-bridge,qode-quick-links-1.0,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,paspartu_enabled,paspartu_on_bottom_fixed,columns-3,qode-product-single-tabs-on-bottom,qode-theme-ver-11.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 
A 29 de Outubro, voltamos ao The Oitavos, para mais um jantar do Wine & Executive Club.

A 29 de Outubro, voltamos ao The Oitavos, para mais um jantar do Wine & Executive Club.

Recebemos Nina Gruntkowski, responsável pelo Chá Camélia, um chá ao estilo japonês plantado nos arredores do Porto, juntamente com o parceiro Dirk Niepoort, que traz os vinhos que vão estar em prova. 

A poucas semanas do verão de São Martinho, aproveitamos a brisa atlântica dos ares do Parque Natural Sintra-Cascais, onde está localizado o hotel The Oitavos, que volta a receber os membros e convidados do WEC, a 29 de Outubro. Os  vinhos são de Dirk Niepoort, o produtor que arrojou produzir vinho de mesa no Douro, Património da Humanidade.

Por falar em arrojo, é o que se espera da oradora convidada, Nina Gruntkowski, que juntamente com Dirk Niepoort produz chá, ao estilo japonês, em Vila do Conde. Quando Nina ouviu falar da “terra das camélias” questionou-se porque é que não se cultivava no Norte de Portugal se a planta do chá, é da mesma família. E depois de se informar com experts oriundos do Japão avançou com a produção.

Niepoort

Não é enólogo, mas Dirk Niepoort fez-se um produtor de sucesso por conta da sua curiosidade e vontade de arrojar e fazer melhor, conduzindo o negócio da família – é a quinta geração –, que desde 1842 trocou a Holanda pelo Douro. Dividido entre a paixão pelo Douro e o amor pela Bairrada, apresenta vinhos distintos no seu portfólio, onde se pode orgulhar de ter obtido 99 em 100 pontos na lista de Robert Parker pelo vinho do Porto Niepoort Vintage 2017, que a Revista de Vinhos pontuou com nota máxima, 20 pontos. Os seus vinhos vão acompanhar o jantar com menu do chef Cyril Develliers.

Oradora convidada

Inspirada pelas antigas culturas de chá da Ásia, e Japão em particular, Nina Gruntkowski tornou realidade o sonho de plantar chá no distrito do Porto. A jornalista alemã, com inúmeras histórias e experiências na bagagem, mudou de vida ao instalar-se em terras lusas. Em 2012, deu início ao projecto Camélia e dedica-se, desde então, à distribuição de chá verde japonês de pequenos agricultores familiares e à criação de uma plantação de chá em Portugal continental. Depois de pequenas produções experimentais, em 2019 fez a primeira colheita que está na origem do Chá Camélia.

Quando: 29 de Outubro, a partir das 19h30

Onde: The Oitavos, estrada do Guincho-Cascais